quarta-feira, 21 de junho de 2017

Trabalhos para 2017

Dois textos dicotômicos, que mergulham em fortes emoções e muito trabalho aos alunos/atores.

Texto de Plinio Marcos
Paco e Tonho dividem um quarto numa hospedaria barata e durante o dia trabalham de carregadores no mercado. Todas as cenas se passam no quarto durante as noites. As personagens discutem sobre suas vidas, trabalho e perspectivas, mantendo uma relação conflituosa. O tema da marginalidade permeia todo o texto. No final, na tentativa de melhorar suas vidas, ambos são compelidos à realização de um ato que modificará radicalmente suas vidas.

 
Texto de Ariano Suassuna
A peça narra a história de Joaquim Simão, poeta de cordel, pobre e "preguiçoso", que só pensa em dormir, casado com Nevinha, mulher religiosa e dedicada ao marido e aos filhos. O casal mais rico da cidade, Aderaldo Catacão e Clarabela possui um relacionamento aberto. Aderaldo é apaixonado por Nevinha e Clarabela quer conquistar Joaquim Simão. Três demônios fazem de tudo para que o pobre casal se renda a tentação e caia no pecado, enquanto dois santos tentam intervir. Jesus observa e avalia tudo. A partir daí, situações inusitadas e muito divertidas fazem deste texto uma das peças mais divertidas do teatro brasileiro.

Balanço 2016

FESTIVAL DE VERÃO
Exceção e a regra

UNICÓRNIO AZUL
Apresentações em escolas com sensíveis emoções


MEIO FIO
drama que exigiu muito esforço

PREMIO DE MELHOR ATOR para Jhonatha Rodrigues
III FESTEMC



SOCIEDADE DOS POETAS M

SARAU OUSADIA no Casarão do Carmo

MEIO FIO (despedida de dezembro)

Sempre na última apresentação do ano, as emoções afloram. É bom terminar um trabalho com prazer e poder ter boas lembranças.


Um bom final é primordial para o início de outro trabalho.